Número total de visualizações de página

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

As muitas águas não poderiam apagar o amor!


“As muitas águas não poderiam apagar o amor, nem os rios afogá-lo; ainda que alguém desse todos os bens da sua casa pelo amor seria de todo desprezado.”
(Cantares 8:7)
Nos primeiros versos que abrem este poema registrado em Cantares 8, Salomão nos mostra um modelo de amor fraternal que há muito tempo tem sido esquecido – um amor puro, inocente e sincero.

Sem comentários:

Enviar um comentário