Número total de visualizações de página

quinta-feira, 1 de março de 2012

FOI POR VOCÊ!

Foi por você!


"Foi por você"! Essa frase é bastante utilizada quando se fala que Jesus morreu na cruz por você, por mim. Nestes últimos dias que antecedem a Páscoa, quero refletir sobre essa frase.

Deus fez uma promessa a Abraão, um homem de idade avançada com uma mulher estéril e de idade também avançada, e que através desses dois, Deus faria o seu povo. Deus disse a Abraão: “Faço aliança contigo e com tua posteridade, uma aliança eterna, de geração em geração, para que eu seja o teu Deus e o Deus de tua posteridade”(Gen. 17, 7).

E o Homem, sabe como é, fraco, deixou-se levar pelas paixões e fraquezas desse mundo, e sempre rompia a aliança eterna estabelecida. Deus muitas vezes deixou de ser o Deus daquele povo: “Se o Senhor dos exércitos não nos tivesse deixado alguns da nossa linhagem, teríamos sido como Sodoma, e ter-nos-íamos tornado como Gomorra”, disse Isaías, no cap.1,9. A coisa estava tão feia, que nem os enviados por Deus davam jeito naquele povo.

Mas Deus, que é misericórdia, vê como o Homem estava caminhando para a ruína e resolve mandar seu único Filho, fazendo uma nova aliança com o Homem, para que todo aquele que Nele crê tenha a vida eterna. Seu nome é Jesus Cristo, Deus feito homem, veio ao mundo para mudar a lógica das relações humanas até então praticadas, para aperfeiçoar a lei que Deus tinha deixado ao Homem. E Cristo vem selar uma nova aliança com o Homem, essa aliança selada com o seu próprio sacrifício, com o seu sangue derramado numa cruz.

Deus veio ao mundo não apenas para um povo, mas para todos os povos de todos os séculos, para que sigamos a nova lei deixada por Ele a nós e propagada pela sua Igreja, até que ele volte.

Eu poderia explorar os mais diversos assuntos com este artigo, mas quero apenas me deter nesse aspecto: Jesus morreu numa cruz para selar uma nova aliança contigo! Foi por você! Para que Ele seja o teu Deus e o da tua posteridade!
Fique em Cristo, pois ele é a nossa Paz!

Sem comentários:

Enviar um comentário